Sobre o produto do ano

O Produto do Ano é o maior e único prémio mundial que premeia os produtos que se destacam pela inovação e com voto directo dos consumidores

Criado em França em 1987, o Produto do Ano é já atribuído em mais de 35 países de todo o mundo com o mesmo objetivo: guiar os consumidores até aos melhores produtos no mercado e premiar os produtores pela qualidade e inovação.

Em Portugal, o Produto do Ano é suportado pela votação de 6 000 consumidores, funcionando como um atalho para os consumidores no supermercado e permitindo-lhes poupar tempo e dinheiro. Para os fabricantes dos produtos vencedores, este prémio constitui um poderoso instrumento de marketing, com resultados comprovados no aumento de vendas, da distribuição e da notoriedade da marca.

Todos os anos, o Produto do Ano recebe candidaturas de todos os tipos de bens de grande consumo que apresentem inovação e tenham sido lançados no mercado nos últimos 18 meses. Os produtos inscritos são depois inseridos em categorias específicas, tais como alimentação, bebidas ou cuidados do lar. A votação dos produtos vencedores é efetuada através de um estudo online, representativo para população nacional, realizado pela Netsonda.

Os produtos vencedores são anunciados em Fevereiro de cada ano e conquistam o direito de usar o prémio Produto do Ano em toda a sua publicidade, embalagens e marketing durante um ano.

Impacto global

O Produto do Ano serve orgulhosamente como o padrão da confiança dos consumidores em mais de 35 países e sempre a aumentar. Estes são os países onde o Produto do Ano pode ser encontrado atualmente:

Europa:

  • Bélgica
  • Bulgaria
  • Croacia
  • Eslovénia
  • Espanha
  • França
  • Grécia
  • Holanda
  • Irlanda
  • Italia
  • Polónia
  • Portugal
  • Reino Unido
  • Roménia
  • Rússia
  • Suécia

América do Norte:

  • Canadá
  • Estado Unidos da América
  • México

América do Sul:

  • Brasil
  • Chile

 

Oceânia:

  • Austrália
  • Nova Zelândia

África:

  • África do Sul
  • Tunisia

 

Ásia:

  • India
  • Malásia
  • Turquia

Médio Oriente:

  • Arábia Saudita
  • Bahrain
  • Emirados Arabes
  • Israel
  • Koweit
  • Libano
  • Oman
  • Qatar
Os nossos parceiros

Em actividade desde o ano 2000, a Netsonda fornece informação relevante aos seus clientes para que possam tomar decisões ponderadas e em tempo útil.

Com a inovação como ADN, seja através de análises inovadoras, tecnologia como neurociência ou plataformas tecnológicas, a Netsonda oferece eficiência, rapidez, segurança e fiabilidade aos seus clientes, convertendo informação em insights críticos que se diferenciam num mercado extremamente competitivo.

Operando directamente em Portugal e Espanha, a actividade da Netsonda estende-se a muitos outros países através da sua network internacional, sendo que actualmente a Netsonda parte de um grupo internacional de comunicação presente em mais de 100 países.

Com a sua Direcção Técnica membro da ESOMAR – World Association of Research Professionals, a Netsonda já trabalhou com mais de 200 empresas, em mais de 25 países, em áreas como o Grande Consumo & Distribuição, Banca & Seguros, Telecomunicações & Internet, Media & Publicidade, entre outras.

Em Abril de 2015 a Consumer Channel integrou o Grupo Netsonda, reforçando assim a sua área e oferta de estudos de mercado qualitativos.

Perguntas frequentes

O que é o Produto do Ano?

O Produto do Ano (PDA) é o único prémio atribuído, por consumidores, a produtos com inovação. O PDA foi criado para premiar produtos inovadores no setor dos bens de grande consumo e proporcionar um atalho aos consumidores para que estejam cientes dos melhores produtos recentemente lançados no mercado. É, não apenas um prémio de prestígio, mas também um instrumento de comprovado retorno sobre investimento. Os nossos vencedores têm desfrutado de um aumento médio de 10 a 15% das vendas ao longo dos últimos 29 anos.

Em que é que o Produto do Ano é diferente de outros prémios?

Há oito características que tornam o PDA absolutamente único.

  1. Foco Na Inovação. O PDA existe para ajudar a guiar os consumidores até aos melhores produtos inovadores mais recentes, eleitos por outros consumidores. Aos olhos da indústria e para os produtos vencedores, isto não é somente um reconhecimento da inovação mas um instrumento de comprovada retorno.
  2. Eleito A 100% Por Consumidores. Não estão envolvidos quaisquer experts. Os produtos eleitos exclusivamente por uma amostra nacionalmente representativa de consumidores portugueses.
  3. 100% Independente. À exceção da avaliação pelos consumidores, os produtos participantes não têm qualquer outro interesse. Não existem quaisquer descontos promocionais nem pacotes que costumam ser oferecidos com brindes em revistas.
  4. 100% Transparente. As marcas apenas podem participar se se inscreverem e apenas uma marca que vence pode usufruir do prémio.
  5. Nacionalmente Representativo. Os 6 000 consumidores que votam são recrutados pela Netsonda de forma independente para representarem a população nacional. Estas pessoas são independentes e não se deixam influenciar.
  6. 29 Anos De História. É o mais antigo dos prémios para produtos e marcas. Fundado há 29 anos (em 1987) em França, o Produto do Ano é há muito o padrão da confiança dos consumidores em todo o mundo.
  7. Mais De 35 países. O PDA é um conceito poderoso que funciona em qualquer mercado. Ao longo dos últimos 29 anos, expandimos para mais de 35 países e continuamos a crescer.
  8. O Maior Estudo Em Portugal. Com 6 000 consumidores a votar nos produtos, o PDA realiza o maior estudo de consumidores em Portugal sobre inovação. A nossa parceira de estudos, Netsonda, conduz este estudo com uma amostra representativa da população, espelhando desse modo as opiniões do país e não de um mero grupo.

Que produtos é que se inscrevem?

Atualmente, aceitamos candidaturas de produtos que tenham sido lançados desde junho de 2015. Os produtos devem apresentar um carácter inovador num dos seguintes pontos (mas não só): função, design, embalagem.

Se possui um produto inovador, não importa se já está no mercado há quase um ano ou se está prestes a ser lançado.

Se não tiver a certeza, entre em contacto connosco e ajudá-lo-emos a perceber se se deveria inscrever.

Como é que se define inovação?

Aceitamos candidaturas de produtos que demonstrem inovação na sua função, design ou embalagem. Pode tratar-se de um tipo totalmente novo de produto ou de uma upgrade com inovação útil para um produto antigo, tais como um novo ingrediente, um formato ou tamanho redesenhado, uma nova receita (por exemplo: menos açúcar) ou uma nova embalagem (por exemplo: fácil de usar ou ecológica). Lembre-se: desde que melhore/facilite a vida aos consumidores, não tem de ser revolucionário. Entre em contacto direto connosco, se tiver quaisquer dúvidas sobre o seu produto.

Como é que os vencedores são escolhidos?

Temos uma parceria com a empresa de estudos Netsonda para estudar uma amostra nacionalmente representativa de 6 000 consumidores em Portugal. O inquérito foi concebido para avaliar as opiniões dos consumidores quanto à inovação, utilização, satisfação e intenção de compra dos produtos em avaliação, sendo a inovação o fator mais forte.

Posso inscrever mais do que um produto?

Sim. Não existe um limite para o número de produtos de uma marca que podem ser inscritos, desde que estes respeitem os critérios já referidos.

Quando posso fazer a inscrição?

As candidaturas ao Produto do Ano de 2018 estão abertas até 30 de Setembro de 2017.

Quais são as categorias?

As categoriais de candidatura de produtos que aceitamos incluem geralmente: Alimentação e Bebidas, Saúde e Beleza, Cuidados Pessoais, Produtos Domésticos, Artigos para Animais de Estimação, Produtos Farmacêuticos, Eletrodomésticos, etc. Os nomes exatos das categorias são definidos pela organização após o recebimento de todas as candidaturas. Uma vez que se trata de um prémio de inovação, as categorias costumam ser influenciadas pelas tendências de inovação do ano anterior. (Por exemplo: há vários anos não existiam produtos como desodorizantes de extrema eficácia e cremes bronzeadores, no entanto, atualmente representam algumas das melhores inovações.)

Colaboramos com a Netsonda para nos certificarmos de que apenas produtos comparáveis concorrem entre si e de que nunca há menos de dois nem mais de seis produtos numa categoria.

Quanto custa?

A candidatura ao Produto do Ano é gratuita. Se o seu produto passar a fase de escolha da Comissão de Avaliação e Ética, existe uma taxa de finalista de 1 000 euros. Esta taxa paga-se a si própria sob a forma de um relatório do estudo preparado pela Netsonda, com base nos resultados em cada categoria. Quer vença quer não, receberá este relatório em troca da sua participação. Se o seu produto for eleito Produto do Ano, existe uma taxa de vencedor de uma única vez de 9 000 euros que permite publicitar a vitória e usar o nosso logótipo em qualquer tipo de meio de comunicação durante um ano inteiro. Também inclui a abrangência na nossa campanha de marketing para apoiar todos os vencedores. Nota: a partir do momento em que faz a inscrição, estará a comprometer-se com todo o processo e taxas.

Quais são as vantagens de vencer?

Ao longo dos últimos 28 anos, os vencedores têm descoberto várias formas de beneficiar do PDA, no entanto, aqui estão algumas das principais vantagens que observámos.

No mínimo, todos os vencedores podem contar garantidamente com o seguinte:

  • utilização do prémio PDA em qualquer comunicação durante um ano inteiro e inclusão no comunicado à imprensa do PDA;
  • todos os finalistas recebem um relatório do estudo da Netsonda, independentemente do resultado – um estudo avaliado em cerca de 14 000 euros;

 

Para além disso, poder usar o logótipo PDA permitir-lhe-á:

  • usá-lo em campanhas de marketing direcionadas diretamente aos consumidores;
  • usá-lo em relações públicas enquanto novidade, de modo a garantir a cobertura dos meios de comunicação;
  • usá-lo juntamente com a equipa de vendas e parceiros comerciais para aumentar a visibilidade e a distribuição;
  • usá-lo nas relações industriais, de modo a provar a reputação da empresa no que diz respeito à inovação;
  • usá-lo internamente para levantar o moral e dar o exemplo.

E é por isto que sabemos que resulta:

 

29 anos de história em todo o mundo;

  • aumento médio de 10 a 15% das vendas mencionados pelos vencedores;
  • aumento das vendas de 135% de um ano para o outro, mencionado pela vencedora de 2005 da categoria de Cuidados Capilares Pantene;
  • aumento das vendas de 120% de um ano para o outro, mencionado pela vencedora de 2006 da categoria de Cuidados Capilares Herbal Essences;
  • aumento das vendas de 15%, mencionado pela vencedora de 2005 da categoria de Cuidados Faciais Neutrogena;
  • aumento das vendas de 106,4%, mencionado pela vencedora de 2007 da categoria de Lavagem de Louça Calgon;

Quem são os membros da Comissão de Avaliação e Ética e que papel desempenham?

O papel da CAE é avaliar todas as candidaturas de produtos e garantir que apenas os produtos verdadeiramente inovadores passam para a fase de estudo dos consumidores. A CAE não vota nos produtos no estudo público final mas ajuda a garantir que respeitam os critérios de inovação e novidade no mercado. A nossa CAE é composta, em todo o mundo, por peritos reconhecidos do setor que representam associações diversas de produtores, distribuidores e profissionais de marketing, comunicação e inovação.

Quando é que o Produto do Ano foi fundado?

O Produto do Ano foi fundado em 1987, em França, pelo ex-executivo da L’OREAL, Christian LeBret.

O Produto do Ano existe noutros países?

Atualmente, o Produto do Ano marca presença em mais de 35 países, tendo a sua estreia mais recente sido nos EUA, Canadá, Índia, África do Sul e Austrália.

Vencer o prémio Produto do Ano em Portugal significa que apenas poderá usufruir das respetivas vantagens em Portugal.  Os outros países possuem os seus próprios prémios e, por exemplo, um consumidor espanhol ou francês não pode eleger o vencedor do Produto do Ano em Portugal.

Quem posso contactar para mais informações?

Pode entrar em contacto connosco para colocar qualquer questão através do José Borralho, +351 910 956 384.

Para questões e informações sobre como fazer a inscrição, entre em contacto com  Sónia Sardinha, +351 914 147 574 ou [email protected]

Quem organiza em Portugal o Produto do Ano?

O PDA é organizado em Portugal, pela PRODUCT OF THE YEAR PORTUGAL LDA, empresa detida pela ONE BCAM FIVE SGPS SA, grupo proprietário em Portugal de marcas como “Escolha do Consumidor”, “Escolha Sénior”, “Escolha dos Profissionais” e “Great Taste Award”.

Trata-te de um grupo liderado por José Borralho, que detém mais de 25 anos de experiência na gestão de marcas e esteve na origem de diversos projectos relacionados com a avaliação de marcas.